A Oração e Lutero

Martinho Lutero tinha um grande amigo que era seu barbeiro, Pedro Beskendorf.
Uma vez Pedro perguntou a Lutero enquanto o barbeava:
– Dr. Lutero, como o senhor ora?
Tempos depois Lutero enviou uma carta ao teu amigo de quarenta páginas contendo a resposta a esta pergunta. Esta carta foi publicada em 1535 com o título: Uma Maneira Simples de Orar: Para Um Bom Amigo.

Seguem alguns trechos:

“Prezado mestre Pedro, ofereço-lhe o melhor que tenho. Vou contar-lhe a maneira como oro. Possa nosso Senhor Deus ajudá-lo, e a cada um, fazê-lo melhor.
Um bom e hábil barbeiro precisa ter seus pensamentos, mente e olhos concentrados sobre a navalha e a barba, e não se esquecer de onde ele está, enquanto corta e barbeia. Se ele ficar conversando, olhando ao redor ou pensando em outras coisas, poderá cortar a boca, ou o nariz, ou mesmo a garganta de seu freguês. Assim, qualquer coisa para ser bem feita precisa ocupar o homem todo, com todas as suas faculdades e membros. Quanto mais deve a oração possuir o coração do homem, exclusiva e completamente, se é que ela deva ser uma boa oração!
É uma boa coisa fazer da oração a primeira obrigação da manhã e a última à noite. Guarde-se dos indiciosos pensamentos que ficam sussurando em sua mente: “espere um pouco”, “daqui a uma hora eu vou orar”, “preciso antes terminar isto e aquilo”. Pensando dessa maneira, acabamos nos envolvendo em tantas outras coisas que a oração é deixada de lado, e assim terminamos o dia. Temos que vigiar para não colocar a oração em plano secundário, com o pensamento de que este ou aquele trabalho é mais urgente, o que não é verdade, e finalmente nos tornemos indiferentes, preguiçosos e negligentes com respeito a à oração.”

Espero que você possa refletir sobre a importância que dá à oração na tua vida. Dizer que não tem tempo para dedicar à oração no período da manhã e antes de dormir é dizer que tem coisas mais importantes para fazer.

Uma frase: “A oração é o ofício do cristão.” – Martinho Lutero.

(A Hora Tranquila – Tercio Sarli )

Anúncios

Sobre oJustificado

Um caráter em formação, sendo moldado constantemente pelo Autor da criação.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A Oração e Lutero

  1. Não é à toa que falam: “Quanto mais oração, mais poder”. O ser humano não tem forças para vencer sozinho. Ele precisa da ajuda de Deus e essa ajuda vem por meio da oração. Ótimo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s